LÍNGUA X ECONOMIA:

Untitled-2
O economista Ketih Chen, famoso por suas palestras, lança uma hipótese instigante:
“Existe uma conexão entre a linguagem e a forma como pensamos e nos comportamos com nosso dinheiro?

Chen busca, através de pesquisas, provar que a língua que falamos altera desde a infância nossa forma de pensar, nossas prioridades e com isso nossa habilidade com o dinheiro. Uma língua que exige certas complexidades na conjugação de verbos exigirá também que se problematize sobre o que foi dito.

“Ao dizer “este é o meu tio”, em chinês, você não tem escolha. É preciso codificar mais informações sobre esse tio. A linguagem requer que você explique de que lado do tio está ligado, se ele está relacionado por casamento ou nascimento e, se for o irmão de seu pai, se ele é mais velho ou mais novo. Toda esta informação é obrigatória. O chinês não me deixa ignorá-lo. Na verdade, se eu quiser falar corretamente, as forças chinesas me forçam a pensar constantemente sobre isso.”

A palestra foi feita em inglês com legenda em português. Confira!



Compartilhe essa postagem:

Comentários